Evangélicos histéricos com a criminalização da homofobia

“Um grupo de evangélicos tentou invadir o Congresso Nacional nesta quarta-feira em protesto contra a aprovação do projeto que criminaliza a homofobia (discriminação contra homossexuais) no país. Cerca de mil evangélicos fizeram uma manifestação em frente à sede do Legislativo para evitar a votação do projeto. Os manifestantes querem ter o direito de criticar a homossexualidade, sem punições estabelecidas na legislação.” Fonte: Folha

Liberdade expressão quando lhes convém, pois são os primeiros a proibir o pessoal que quer legalizar a maconha por exemplo, como no caso das passeatas da “Marcha da Maconha”, pois não se encaixa no raciocínio maniqueísta de o que o pastor fala está correto logo deve ser expurgado.

“Esse projeto de livre expressão sexual abre as portas para a pedofilia. É uma afronta à Constituição e à família”.

“Senhor, sabemos que há uma maquinação para que esse país seja transformado numa Sodoma e Gomorra [cidades bíblicas que teriam sido destruídas pelos excessos cometidos por seus moradores]. Um projeto desses vai abrir as portas do inferno”.

Tomará que a tal bancada evangélica nunca tenha maioria, ai sim teriamos um verdadeiro “inferno”.

2 comentários em “Evangélicos histéricos com a criminalização da homofobia

  1. Este grupo religioso não é contra a criminalização da homofobia enquanto preconceito, ou seja, eles estão contra este projeto DA FORMA COMO ESTÁ, porque sentem-se proibidos de manifestar pensamento contrário que possa ser criminalizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *