A escola sem ideologia é ideologia

13140615_953437908106832_2064768081_n

A grande sacada dessa “Escola Sem Partido” é afirmar que a escola deva ser “neutra”, criminalizando os educadores que buscam trazer o debate politico pra sala de aula.

O problema é que ideologias estão em tudo. Esse papo de “neutro” é uma furada, dado que a escola costuma ser a forma que o Estado “adequa” as pessoas a nossa sociedade (exemplos abaixo).

O “Escola Sem Partido” possui uma ideologia e quer que as escolas tenham uma ideologia única, negando qualquer debate de ideias. E não existe nada mais nazista e totalitário do que isso. “Escola Sem Partido” é na realidade “Escola de Partido Único”. Hitler e Stalin sorriem do inferno para essas pessoas que se dizem “liberais” e apoiam esse tipo de censura.
“Horário de entrada e saída é ideologia.
Ter 40 alunos enfileirados em uma sala retangular é ideologia.
Uso de uniforme é ideologia.
Separar-nos por idade e nível de aprendizado é ideologia.
Aplicação de provas e o sistema de castigos e recompensas é ideologia.
Ter aulas de história e matemática em uma razão de 1 pra 3 é ideologia.
Ter uma única aula de produção textual por semana é ideologia.
Ter um limite de faltas e ser proibido de usar todo o espaço escolar é ideologia.
Passar três anos falando de formas geométricas, projeções, ilusões espaçais e nunca ir a campo para testemunha-las é ideologia.
Passar três anos decorando os ácidos, bases, sais e compostos orgânicos, mas nunca produzi-los em laboratório é ideologia.
Passar três anos aprendendo sobre a história do povo catarinense, mas nunca ir ao Palácio Cruz e Sousa é ideologia.
Passar três anos estudando a homeostasia do corpo humano, mas nunca ter acesso a um cadáver aberto é ideologia.
O professor ser obrigado a passar o conteúdo de maneira tecnicista, impessoal, racionalista e desvinculada do cotidiano é ideologia.
A escola sem ideologia é ideologia” Por Lara Correa, Via Facebook

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.