8º Bazar Vegano Floripa ● Dia da Luta Antimanicomial 18 de Maio

Replicação do Facebook: https://www.facebook.com/events/437296500147904/

Como pensar e agir sem excluir outras vidas?

É com muita honra respeito e responsa que anunciamos a nossa 8ª edição do Bazar Vegano Floripa que será no sábado, dia 18 de maio no Instituto Arco-Íris Direitos Humanos *Localizado no Centro Histórico, próximo ao antigo terminal de ônibus. Somando forças num dia importante na Luta Antimanicomial! Evento Aberto ao Público com Entrada Franca!
Aproveita pois é a nossa única edição para este ano de 2019!

Venha somar a ação de ativistas independentes dedicadas pela defesa do respeito a todos nós, animais humanos e não-humanos sob uma perspectiva abolicionista e agroecológica para todas as pessoas, sejam elas veganas ou ainda não veganas. Somos um evento cultural, apartidário e autogestionado, feito por pessoas comuns, independente, sem patrão, nem patrocínio municipal, estatal, institucional ou empresarial.
Vem somar conosco nesse trabalho social humanitário, de construção educacional conjunta, organização por cooperação.
Moradoras em situação de rua, cooperadas, associações, assentamentos, quilombolas, pequenas produtoras da região, cozinheiras, artesãs, escritoras, viajantes e artistas de rua, tudo junto misturado, dentro e fora fora e dentro! Somos todes animais!

10 ) Temos a proposta colaborativa do “Canto das Dádivas”, que é um espaço de gratuidade, onde cada pessoa deixa objetos que não usa mais e/ou pega o que lhe for útil sem ter que entregar nada em troca.

9 ) Não esqueça de trazer sua sacola retornável e a barriga vazia pra encher de rangos vegetarianos deliciosos, feitos com muito capricho. Termos almoço popular a R$10
Neste evento água não é comercializada pois é um bem de todos os terráqueos, portanto disponibilizada gratuitamente, traga a sua caneca para se hidratar!

8 ) Continuamos no processo de lixo zero, tanto do lixo visível quanto do “invisível”, aquele lixão maior de todos que você não vê na hora. Sobre o lixo visível, contentores de papelão estarão dispostos para coleta dos resíduos orgânicos desse encontro. Não haverá copos nem pratos e talheres descartáveis (plástico, isopor). Todas as expositoras de líquidos irão dispor de copos retornáveis e são previamente comunicadas sobre. Pedimos a todes expositores que vão levar sacos/sacolas, que usem de papel, folhas ou celofane pois são 100% biodegradáveis, retornando ao solo sem causar danos. E sobre o lixo “invisível”, ao não promovermos a comercialização de nada de origem animal, estamos nos poupando da atividade responsável pela maior geração de lixo deste planeta.

7 ) Este evento reúne trampos e produtos não testados em animais e livres de componentes de origem animal, como carnes de qualquer tipo de animal, ovos, laticínios/margarinas/ghee, mel/própolis, pólen de abelhas, seda, lã, penas, couro, camurça, gelatina/colágeno, queratina, carmim/cochonilha, glicerina animal, entre outros. Também não faz parte da promoção deste evento o uso de transgênicos, sal e açúcar refinados, farinha branca refinada de trigo e farinha de glúten isolado, arroz refinado, glutamato monossódico (realçador de sabor), maltodextrina/dextrose, glucose, aspartame, corantes artificiais, gordura hidrogenada, suplementos proteicos, palmito, uso de forno de micro-ondas, frituras, refrigerantes, bebidas alcoólicas, fumo, joias e comercialização de produtos acompanhados de embalagens de isopor, nem garrafas pet, pratos, talheres e copos descartáveis de plástico nem sacolas plásticas. Apoiamos todo desuso de plásticos, na medida do que for possível.
Também não queremos materiais com mensagens preconceituosas como por exemplo “vegetarianos pensam melhor”, nem concordamos com a promoção/divulgação de empresariais organizações parasitas ao movimento.
Não usamos mais o termo “orgânico” em virtude da segregação socio-economica produzida pelo sistema capitalista, então estimulamos o uso de agroecológicos, ou seja, tudo aquilo sem veneno, caso esteja de acesso econômico mais viável a todes, sem ter que repassar aumento de valor nas vendas, e melhor ainda se tiver retorno as comunidades, assentamentos. O mesmo podemos dizer dos termos “produto vegano” “100% cruelty free” que são bem problemáticos. Todas as pessoas expositoras serão previamente comunicadas sobre essas orientações, e a responsabilidade cabe a consciência de cada indivíduo que nos procurou para se integrar ao bazar, somando com suas ideias que tanto nos transformam a cada edição.

6 ) Viva a economia ambulante solidária! O Bazar Vegano Floripa não tem participação de grandes empresas, nem estímulo à produção em série. Valorizamos o trabalho artesanal, de alma cuidadosa e criativa, reduzindo danos no limite do que hoje podemos fazer. Não queremos gourmetização e nem patrão! Nenhuma representAção expositora deste evento é maior que uma MEI. Portanto não temos empregados nem patrões. Abertamente pedimos a todes expositores que livremente disponibilizem seus saberes. Acesso!

5 ) Adoção responsável de cadelas e cães vítimas de abandono e maus tratos! Todos os animais protegidos castrados para adoção consciente pelas protetoras independentes da Ação Animal Floripa, com brechó beneficente, e recebendo doações aos animais (alimento, cobertores, fraldas, tapetes higiênicos, potes, etc).

4 ) Vem de bike! Carros não transitam nessa área do centro histórico.

3 ) Viva a agroecologia! Participe das trocas de sementes crioulas da okupa Saco dos Limões, no nosso lindo tapete de recepção. Plante um novo mundo!

2 ) Oficinas livres e música alternativa independente autoral ao vivo e ambiente. Gratuita!

1 ) Se não tiver as rodas não tem bazar! Na sala principal teremos rodas de bate papo, com pessoas vindas de vários cantos do país. Todos assuntos e problematizações éticas pertinentes a nosso planeta, por empoderamento e equidade. Seguimos sempre em busca de autonomia política. Nosso evento não é palanque pra nenhum político institucional.

0) Nosso bazar vegano não promove nenhum tipo de discriminação racial, de orientação sexual, de gênero, heterossexista, cissexista, xenofóbica, antinordestina, fascista, classista, misantrópica, etarista, capacitista, gordofóbica, bem como especista. Movimentos por justiça social são naturalmente interligados, mesmo que algumas pessoas ainda não reconheçam. Estamos juntes, em constante movimento e transformação, na intenção de fazer o melhor para o hoje, e em constante autocrítica para um melhor amanhã. Não nos propomos a ser inclusivos mas sim a não sermos excludentes!

Bate palma não, use suas mãos para agir. Não dá pra se festejar num mundo de tantas disparidades sociais, com tanta morte, escravidão e exploração de pessoas humanas e não-humanas. Participe conosco e convide seus amigues para somar. Faça você mesmo! TMJ Abjs

*Nosso evento envolve ativismo social, e, portanto, tem vida própria. Não pagamos anúncios, não corroboramos com nenhuma mídia corporativa, não damos bola a nada que vier deles. Não buscamos e nem queremos patrocínio de nenhuma empresa, instituição ou governo. Também não usamos de apelos do sistema consumista em nossa comunicação, como por exemplo natal, páscoa e demais apelos “comemorativos”. Não somos um “nicho de mercado” tampouco “recursos”. Sem criar expectativas e com toda nossa política radical sem concessões, tivemos a visita de mais de 23 mil pessoas somando os nossos 7 primeiros eventos.
Em breve divulgamos uma matéria com a cobertura de nosso ultimo evento.

**Este evento é dedicado a todas as pessoas denominadas como “loucas” para essa sociedade.

Como pensar e agir sem excluir outras vidas?

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
*ATENÇÃO EXPOSITORAS*
XXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
Novas pessoas interessadas em expor, favor enviar e-mail para bazarveganofloripa@gmail.com nos informando telefone com ddd e a respectiva operadora para agilizarmos o contato, ou pessoalmente com Juan Pablo Fabera na tenda da Coletiva TMJ em horário comercial todas as quartas feiras na UFSC.
É muito importante ler a descrição do evento, divulgá-lo e ficar de olho em seu email.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *