Investigação ou operação midiática?

espalhafato

 

Nunca acreditei em partidos políticos nem no sistema atual. Passei a votar porque acredito que, com todas as limitações possíveis, ainda faz alguma diferença na vida das pessoas.

Mas não consigo ficar feliz em ver policiais armados de fuzil na frente da sede de uma partido politico. Por pior que ele possa ser.

Todo esse armamento pra que? Alguém lá dentro ofereceria alguma resistência?

Faz tempo que no Brasil muita gente acredita no autoritarismo como salvação. Vivemos em tempos em que policiais, juízes e promotores são tratados como heróis. Já advogados, defensores de direitos humanos e investigados (sem que tenham sido declarados culpados) são tratados como bandidos. As operações são sempre espetaculares e parecem tiradas de alguma continuação de “Tropa de Elite”.

Sei que com os pobres sempre foi assim. As cadeias lotadas de gente que não foi ainda nem julgada é um sinal disso. As execuções e torturas da PM também.

Mas não acredito que levar o autoritarismo contra os “políticos safados” seja um caminho bacana. Ainda mais quando tudo é estranhamente seletivo. Tudo cheira muito mal.

Fontes:
http://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2016/06/23/ex-ministro-paulo-bernardo-e-preso-pela-pf.htm

http://www.tijolaco.com.br/blog/espalhafato-2-policia-vira-instrumento-de-marketing-politico/

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.