Carta Aberta Da População Em Situação De Rua De São Jose

CARTA ABERTA DA POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE RUA DE SÃO JOSE

Nós População em Situação de Rua e usuários do Centro Pop – Serviço de acolhimento da população em situação de rua da cidade de São Jose, viemos através dessa carta denunciar ações violadoras de direitos e truculenta partindo da Guarda Municipal de São Jose, para com os usuários do serviço e com os trabalhadores da equipe.

Nos últimos dias vivenciamos situações arbitrarias que desencadearam:

AGRESSÕES VERBAIS, AMEAÇAS COM SPRAY DE PIMENTA, ARMAS DE CHOQUE E ARMAS DE GRANDE CALIBRE, houve violações de direitos básicos como: Documentações pessoais, cobertas e colchões, sacolas de roupas, todas jogadas no caminhão de lixo por ordem da prefeitura, uma típica pratica de limpeza social nas ruas da cidade. Essa situação agrava – se, pois estamos no inverno e o município de São Jose não possui albergue municipal, nem programa de habitação a pessoas com vulnerabilidade social.

Os fatos ocorreram na segunda feira (25/07), e se estenderam a ameaças de proibição da permanência dos moradores em situação de rua, embaixo das marquises dos espaços públicos.
A partir do agravamento das situações dos últimos dias, convidamos a comunidade de São Jose, Movimentos sociais, Entidades da sociedade civil, Defensores de Direitos Humanos, para prestar solidariedade e participar da:

ASSEMBLEIA EM DEFESA DOS DIREITOS HUMANOS DA POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE RUA.
NESTA QUARTA FEIRA(03/08) ÀS 13h30min
NO CENTRO POP DE SÃO JOSE.
RUA JOAQUIM VAZ N° 1647 – SÃO JOSE/SC

SÃO JOSE, 28 DE JULHO DE 2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *