N25 em Buenos Aires: Contra o patriarcado e o G20 .

Dia 26 de novembro, milhares de pessoas marcharam do senado argentino a casa Rosada, sede do poder executivo, em Buenos Aires. Houveram marchas também em La Plata, Córdoba e Rosário e outras províncias.

O protesto pelo Dia Internacional de combate a violência às mulheres aconteceu na semana de lutas contra o G20. O grupo de chefes de Estado dos países ricos e desenvolvimento e representantes do capital se reúnem na argentina entre 30 de novembro e 1 de dezembro.

Mais fotos aqui

 

 

 

 

 

Durante o protesto entrevistamos mulheres do movimento de luta por moradia:

O aparato de segurança militarizado para receber chefes de Estado e representantes do capital internacional está sendo questionado pela população que está sendo obrigada a se registrar para receber credenciamento para transitar e trabalhar nos bairros e por um processo amplo de criação de inimigos internos.

Matérias do Coletivos 1508:

O Estado argentino teme o Povos: O operativo de repressão para o G20

Invenção do Inimigo Interno e repressão na Argentina

Mais Informações: No Al G20

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *