O boom da Ritalina no Brasil

O consumo de Ritalina no Brasil cresceu 775% em dez anos. Droga é usada no tratamento do transtorno de déficit de atenção e hiperatividade.

Quem se lembra daquela propaganda contra as drogas com o slogan “Drogas? Nem morto”.

Pois é. Drogas na nossa sociedade hipócrita só se forem aquelas que estimulem a obediência e a produtividade, como a Ritalina.

Ou então aquelas já aceitas pela sociedade e pela industria capitalista (álcool, cigarros e medicamentos) . Só pra se ter uma ideia a AMBEV foi uma das maiores doadoras de campanha dos 3 principais candidatos a presidente.

Uma Ritalina vai bem ao cumprir sua função social de acalmar as crianças ou então ajudar a juventude a estudar para aquela prova cabreira na faculdade ou passar naquele vestibular ou concurso público. Tudo pelo suce$$o e para melhorar a produtividade.

Já fiz tratamento com Ritalina para meu deficit de atenção e entendo bem como se explica esse crescimento. Hoje basta uma visita a um psiquiatra para se conseguir um medicamento controlado.

O deficit de atenção é algo controverso e a comunidade cientifica ainda não sabe muito bem como funciona. Se sabe, porém, que o medicamente não é a única forma de tratamento. É necessário acompanhamento psicoterapêutico e o aprendizado de algumas técnicas para lidar com os problema com o foco.

Em alguns casos o medicamente não funciona ou então seus efeitos colaterais são tão pesados (nervosismo, insônia, taquicardia, muito parecidos com drogas estimulantes, como a cocaína) que não vale a pena. Os efeitos colaterais foram o principal motivo pelo qual eu desisti de usar, substituindo por algumas técnicas para me ajudar no meu dia a dia.

obs1: Não sou contra o uso de drogas, muito menos a favor de sua proibição, muito pelo contrário. Acho que a sociedade gasta energia e recursos demais criminalizando, quando deveria investir em conscientização e controle social (por exemplo controle publicitário).

obs2: Percebe-se o quanto o Presidente da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) é um cara de pau. Poucos meses atrás a mesma associação lançou nota contrária a legalização da maconha. Droga boa pra eles só as produzidas nos laboratórios que financiam seus eventos, viagens e benesses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *