SLAM Continente denuncia abuso de autoridade da Policia Militar

Na noite dessa terça-feira (20/03), na praça do Kobrasol em São José-SC estávamos fazendo mais uma edição do SLAM Continente. Era umas aproximadamente 19:40 quando uma viatura da Polícia Militar parou no meio da praça e chamaram um irmão preto dos nossos. Revistaram só ele e fomos perguntar aos policiais o porquê daquela ação. Costumamos filmar as edições do SLAM e aproveitamos pra filmar essa abordagem policial arbitrária. Os policiais se irritaram e passaram a revistar todo mundo que estava no SLAM pondo no paredão, com as mãos na cabeça. Após essa revista humilhante, abaixamos os braços e gritamos o lema do nosso SLAM: “POESIA QUE LIMPA A ALMA E ABRE A MENTE! SLAM CONTINENTE!”

Após isso, a PM prendeu quatro dos nossos por perturbação à ordem! Fomos conduzidos à uma Delegacia em Barreiros e só fomos liberados após assinarmos um Termo Circunstanciado. Além disso, os policiais apreenderam o celular do companheiro que filmava o SLAM e que filmou toda a abordagem policial.

Esse é mais um episódio de repressão aos lutadores, negros e pobres. Em novembro do ano passado, quatro militantes do movimento hip-hop Quilombo Urbano, foram presos no Maranhão por lutarem por saneamento básico em seus bairros pelo governo e agora estão sendo processados.

Não temos dúvida de que essa ação racista da PM de Raimundo Colombo quer calar a nossa voz. Mas não vão conseguir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *