Importante – MANIFESTO OCUPA TUDO: Do MinC à cidade inteira em luta contra o golpe

MANIFESTO OCUPA TUDO:
Do MinC à cidade inteira em luta contra o golpe

Primeiramente: Fora, Temer!

Em vista do pedido de desocupação emitido pela superintendência do IPHAN
para a Ocupa MinC SC, o presente manifesto visa registrar a realidade
construída pelo movimento e, sobretudo, asseverar a continuidade da luta
de resistência em Florianópolis contra o golpe e em defesa da
democracia. Uma luta digna, horizontal, organizada e pacífica, permeada
de arte e de cultura.

Diante do governo interino ilegítimo e golpista de Michel Temer, a Ocupa
MinC SC, em consonância com dezenas de ocupações por todo o país,
instalou-se no prédio que abriga o escritório regional do Ministério da
Cultura e o IPHAN em 19 de maio de 2016. A concentração de cidadãos,
cidadãs e grupos organizados da sociedade civil demonstrou que o
espírito da época é de insurreição diante das injustiças históricas que
marcam o país desde sua colonização e cuja reprodução se manteve imune
às transformações políticas formais. A Constituição Cidadã conquistada
em 1988 não é senão um projeto, cuja realização cumpre às gerações que
herdam a democracia e em respeito à qual a ocupação do MinC e a luta
política nela consolidada são marcos históricos.

Os 43 dias de ocupação fizeram-se de não menos que 50 assembleias, 34
oficinas, 40 rodas de conversa, 20 aulas públicas, 17 debates, 20 atos
políticos diretos, 30 espetáculos musicais, 19 espetáculos teatrais, 17
apresentações de dança, 18 sessões de cinedebate, 10 reuniões de
coletivos externos, 20 ensaios artísticos, 4 exposições, 1 festival de
arte e cultura, 2 sarais e 1 revirada cultural, totalizando
aproximadamente 300 ações artístico culturais formativas. Contamos com a
presença de professores, professoras e estudantes de todos os níveis de
ambas as universidades públicas da cidade, bem como vários sindicatos e
uma ampla gama de movimentos sociais incluindo, MST, MNPR, MPL e outros.

Se o retorno do Ministério da Cultura pode ser o principal indicador dos
impactos alcançados pelo movimento em nível nacional, efeitos locais de
mobilização social, organização popular, aproximação entre diversos
movimentos sociais e a oferta ininterrupta de atividades culturais e
formativas à população de Florianópolis foram resultados que merecem o
mesmo destaque. Logramos uma articulação da sociedade civil de caráter e
dimensão inéditas na história da cidade, a qual é somente o estágio
germinal de uma sociedade justa e igualitária em vias de formar-se.

Mais que um movimento de protesto e resistência, a Ocupa fez-se um
espaço de concentração e invenção de novas formas de sociabilidade e de
organização política. O individualismo e a competitividade
historicamente impostos às relações sociais estão sendo rejeitados e
abrem espaço a novas formas. Negamos o modelo representativo de
deliberação e demonstramos a viabilidade de uma sociabilidade construída
horizontalmente, sem lideranças autoritárias e sem decisões unilaterais,
sustentada pelos princípios de pluralidade, diversidade e
transversalidade. Para além das reivindicações legítimas de restituição
da democracia no país, a Ocupa contribuiu com a conformação de novos
paradigmas sociopolíticos que a continuidade da luta consolidará.

Agradecemos imensamente cada doação e a cada pessoa que de alguma forma
tenha contribuído com a construção da Ocupa. Foram muitas, muitas,
muitas pessoas que, de várias maneiras, OCUPARAM conosco. O
agradecimento é, também, um convite para continuarmos juntos a ocupar
outros espaços – contra o golpe e por nenhum direito a menos. Seguimos
com resistência e criatividade.

Sairemos do MinC para ocupar a cidade. Inúmeros movimentos,
organizações, coletivos, grupos e indivíduos de Florianópolis que lutam
pela derrubada de Temer unificaram-se mediante a Ocupa MinC e formam
hoje uma rede consistente de fortalecimento mútuo e de aspirações
claras. Longe de provocar a desarticulação, a saída do prédio marca um
novo estágio do movimento Fora, Temer! Floripa: descentralizado, o
movimento irá a todas as partes.

GOVERNO GOLPISTA NÃO PASSARÁ!
NENHUM DIREITO A MENOS!

‪#‎FORATEMER‬
‪#‎OCUPATUDO‬
‪#‎ÉNOSSO‬

Com amor, energia, esperança, vigor e luta permanente,

Ocupa MinC SC
Florianópolis, 2 de julho de 2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *