Protesto contra a visita do ministro da saúde golpista Ricardo Barros (27/06)

whatsapp-image-20160627_s3uTjaY photo910021016912242603

Replicação de Contrataque

Hoje foi o dia de os trabalhadores e trabalhadoras da saúde protestarem contra a visita do ministro da saúde golpista Ricardo Barros. Aquele cuja campanha foi paga por uma gigante dos planos de saúde privados.

De acordo com o sindicato, o centro cirúrgico do hospital Joana de Gusmão foi inaugurado há três anos, mas ainda não foi aberto. “40% do hospital não está em funcionamento por falta de funcionários. Um terço dos leitos não está funcionando desde a inauguração, há 30 anos. Este hospital já foi o primeiro da América Latina em tamanho e complexidade; hoje, caiu para a oitava posição”.

Participaram da manifestação representantes dos conselhos de farmácia, enfermagem e do Fórum Catarinense contra Privatizações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *